Kim Kardashian quer ser a primeira-dama dos Estados Unidos

Depois de o marido anunciar a candidatura à presidência dos Estados Unidos, a socialite já pensa na sua nova vida na Casa Branca
Kim Kardashian, Kanye West
Kim Kardashian, Kanye West
Kim Kardashian, Kanye West
Kim Kardashian, Kanye West
11 jul 2020 • 16:45
Com quase 200 milhões de seguidores, Kim Kardashian pode vir a tornar-se na primeira-dama mais popular de sempre. Recorde-se que, em 2018, Michelle Obama foi eleita a mulher mais admirada dos Estados Unidos, colocando um ponto final no reinado de Hillary Clinton.

Desde que Kanye West anunciou a sua candidatura independente à presidência, depois de ter apoiado Donald Trump anteriormente, a possibilidade de Kim Kardashian vir a morar na Casa Branca com o rapper é cada vez maior, pelo que se adivinha uma campanha eleitoral surpreendente.

PRONTA PARA TUDO

Há muito que se falava sobre uma possível candidatura de Kanye West às presidenciais de 2020. No final do ano passado, Kim Kardashian foi questionada sobre essa hipótese e respondeu assim: "Estou sempre preparada para tudo. Vamos ver..."

A verdade é que desde que o rapper anunciou os seus planos em seguir carreira política, nas redes não se fala de outra coisa a não ser... da mulher! Contudo, Kim nunca mostrou vontade em envolver-se na política, a não ser quando se reuniu com Trump, em maio de 2018, para discutir as reformas das prisões e pedir o perdão para Alice Marie Johnson, um mulher detida há mais de 20 anos e condenada a prisão perpétua por um crime não violento relacionado com tráfico de cocaína.

Até agora, Kanye West conseguiu apenas uma declaração de apoio público, por parte do milionário Elon Musk. Na verdade, após o anúncio da candidatura, o rapper viu as vendas de discos caírem vertiginosamente.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo