Lágrimas e dor nas cerimónias fúnebres do marido de Isabel dos Santos

Quase três semanas após a morte do marido, Sindika Dokolo, Isabel dos Santos despediu-se do companheiro. As palavras da filha mais velha comoveram a Catedral de Westminster.
Isabel dos Santos no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Isabel dos Santos no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Isabel dos Santos no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Isabel dos Santos no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
22 nov 2020 • 15:55
Foi uma homenagem grandiosa aquela que Isabel dos Santos preparou para o marido, Sindika Dokolo, que morreu no passado dia 29 de novembro, aos 48 anos, enquanto praticava mergulho livre, no Dubai.

Três cerimónias decorreram em simultâneo e tiveram transmissão em direto e em contínuo na televisão angolana. No Congo, a terra natal do colecionador de arte, a família nuclear prestou a sua homenagem, e em Angola, onde viveu grande parte dos anos, estavam muitos amigos e artistas que cantaram em memória de Sindika. Em Londres – onde o casal se conheceu – decorreu a cerimónia principal, com a missa de corpo presente a juntar a família mais chegada.

Isabel dos Santos lê oração no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Filha presta homenagem no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
O Funeral de Sindika Dokolo, em Londres
O Funeral de Sindika Dokolo, em Londres
O Funeral de Sindika Dokolo, em Londres
O Funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Isabel dos Santos no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Isabel dos Santos no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Isabel dos Santos no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
O Funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Isabel dos Santos lê oração no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Filha presta homenagem no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
O Funeral de Sindika Dokolo, em Londres
O Funeral de Sindika Dokolo, em Londres
O Funeral de Sindika Dokolo, em Londres
O Funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Isabel dos Santos no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Isabel dos Santos no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
Isabel dos Santos no funeral de Sindika Dokolo, em Londres
O Funeral de Sindika Dokolo, em Londres


A filha do antigo presidente angolano José Eduardo dos Santos não escondeu a dor de perder o grande amor da sua vida e pediu para rezarem por Sindika. "Rezemos pelo descanso da sua alma, pela família e amigos do nosso amado Sindika, para que encontrem força e consolo no seu luto", disse Isabel dos Santos, de voz embargada. Antes, já a empresária angolana tinha assistido emocionada às palavras da filha mais velha, que representou os irmãos na despedida ao pai com uma mensagem repleta de ternura. "Se há uma coisa que aprendi contigo foi a viver em pleno, sem medo de arriscar, a sair da zona de conforto. És um exemplo, amamos-te", disse a jovem, acrescentando que o pai sempre acreditou em si e lhe deu confiança, nos momentos mais difíceis.

"És a minha pessoa favorita e vais ser sempre. Cumpriste a promessa que fizeste no dia em que nasci: que me darias tudo. E deste. Uma família, os meus irmãos e, mais especial, a minha mãe. Obrigada", disse a filha mais velha, emocionando os presentes.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo