Laura Figueiredo teme parar de amamentar

Companheira de Mickael Carreira lamenta que esteja a chegar o momento de romper um ciclo.
Laura Figueiredo e Mickael Carreira
Laura Figueiredo, Mickael Carreira
Foto: Direitos Reservados
03 jul 2018 • 01:30
Amarílis Borges
Laura Figueiredo admitiu que deixar de amamentar Beatriz será difícil ao fim de 15 meses. Em declarações ao CM, a companheira de Mickael Carreira contou que ainda amamenta a filha "quatro ou cinco vezes por dia".

"Acho que vai ser duro quando eu parar, e já está a chegar a hora, eu sei disso", afirmou antes de argumentar a sua escolha. O tempo de amamentação "é aquele que a mãe e a criança sentirem que é o ideal, depois é aquilo que o nosso corpo puder e o que a criança quiser".

A antiga apresentadora falou ao CM no último dia do Rock in Rio Lisboa, no parque da Bela Vista, onde aproveitava, finalmente, um festival com a sua cara metade. "É a primeira vez que estou a deixar a minha filha à noite. Estou a tentar relaxar. Ela ficou ótima, sou eu que sofro", comentou.

Quando não está com a filha, Laura, de 31 anos, tem se dedicado à produtora Regi Concerto, que representa a família Carreira, mas garante que quer retomar os seus projetos.

"Agora vou começar a soltar um pouquinho a cria para ver se consigo voltar a trabalhar", revelou.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo