Liliana Aguiar condenada

Ewa Kubik processou empresária após ser agredida.
Liliana vai ter de pagar quase cinco mil euros em indemnização e multa
Liliana Aguiar
Foto: David Martins
06 jul 2016 • 01:45
Rita Montenegro
Liliana Aguiar foi ontem condenada pelo crime de ofensas à integridade simples, por factos que remontam a fevereiro de 2014, quando agrediu Ewa Kubik, então mulher do chef Olivier Costa, com quem mantinha um relacionamento extraconjugal.

Tem agora de indemnizar a empresária polaca em 2500 euros, bem como pagar 1200 euros de multa, acrescidos de juros e ainda das custas judiciais. No total, terá de desembolsar perto de cinco mil euros.

O tribunal considerou que ficou provado que Liliana Aguiar deu uma joelhada a Ewa, bem como lhe fez arranhões no rosto, que provocaram duas feridas de 5 e 2,5 centímetros, na sequência de uma discussão em que a polaca chegou a empunhar uma faca.

As lesões foram, segundo o juiz, feitas para marcar, revelando-se "arranhões longos, com curva e contracurva". Ainda que tenha sido uma reação de Liliana a uma discussão, o tribunal comprovou a sua culpa. Aconselhou ainda a empresária a agir de forma mais "civilizada" se existirem litígios.

À saída do tribunal, Liliana Aguiar garantiu que pretende recorrer da decisão e disse: "Isto foi para rir."
Mais sobre
Newsletter
topo