Ljubomir Stanisic recorda drama do vício da droga em novo programa da SIC

Chef ficou comovido com história semelhante à sua ligada aos vícios
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
Ljubomir Stanisic
20 mar 2021 • 13:56
Logo no primeiro episódio de ‘Hell’s Kitchen’ a emoção tomou conta de Ljubomir Stanisic. O chef percebeu que algo se passava com o estado de um dos concorrentes e, depois de o confrontar, ouviu uma história com contornos semelhantes à sua. Diogo, de 36 anos, confessou que tinha entrado no mundo das drogas há dois anos e que tinha acabado por perder tudo, incluindo o emprego.

Agora, diz-se recuperado e com forças para seguir em frente, depois de ter visto no programa da SIC um novo alento. "Tive de fazer tratamentos por causa das drogas. Fiz, tratei-me, já não consumo... Estou aqui para ter uma nova oportunidade de mostrar o que eu valho, vou recuperar a minha vida", confidenciou. Ljubo prontificou-se a "dar-lhe a mão", dando a entender que o iria ajudar no plano profissional.

A verdade é que o polémico chef jugoslavo nunca escondeu que as drogas fizeram parte do seu passado.

Salva Diogo Amaral
"Há muita droga em todo o lado. Já provei tudo, mas hoje tenho dois filhos, não tenho tempo nem paciência para isso", disse o cozinheiro, que revelou que superou o vício das drogas pesadas sozinho, sem recorrer a nenhum internamento ou tratamento médico especializado.

Uma força que tentou transmitir também a Diogo Amaral, há dois anos, quando o ator o procurou para pedir ajuda. "Está a fazer um ano que fui acabar com a Jessica, porque ela não merecia estar a levar com uma coisa destas, e fui ter com um amigo meu, irmão de coração, o Ljubomir, e disse-lhe: ‘Preciso que arranjes uma clínica e só posso ir agora’, porque ia estrear um filme cuja estreia não queria falhar. Ele deu-me um enxerto de porrada, a Jessica também me ajudou muito", recordou Diogo Amaral.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo