Lourenço Ortigão e Diogo Amaral obrigados a pagar ao fisco

Dois atores foram vítimas de burla.
Lourenço Ortigão
Lourenço Ortigão
Foto: Sérgio Lemos
06 jun 2017 • 10:44
Lourenço Ortigão e Diogo Amaral, duas das vítimas mais conhecidas de um grupo de oito indivíduos que vendia carros importados com quilometragem adulterada, estão a ser obrigados a pagar milhares de euros ao Fisco.

Os burlões compravam automóveis na Alemanha – principalmente da marca BMW – e adulteravam a quilometragem.

Primeiro aumentavam os números para pagarem menos impostos e depois reduziam abaixo dos reais para venderem com uma margem de lucro superior.

O grupo chegou mesmo a falsificar assinaturas dos compradores nos pedidos de legalização. Os burlados já contestaram o pagamento.

Lourenço comprou um BMW 320d Cabrio por 31 mil euros e Diogo um BMW X3 por 32 mil.
Mais sobre
Newsletter
topo