Luciana Abreu enfrenta nove processos judiciais

A atriz vai continuar as 'guerras' com os ex-companheiros: Daniel Souza e Yannick Djaló este ano.
Luciana Abreu
Luciana Abreu e Daniel Souza
Yannick Djaló com Lyonce e Lyannnii
Yannick Djaló com Lyonce e Lyannnii
As quatro filhas de Luciana Abreu: Lyonce e Lyannii, frutos da anterior relação com Djaló, e as gémeas Amoor e Valentine, frutos da ex-relação com Daniel Souza
Luciana Abreu
Luciana Abreu e Daniel Souza
Yannick Djaló com Lyonce e Lyannnii
Yannick Djaló com Lyonce e Lyannnii
As quatro filhas de Luciana Abreu: Lyonce e Lyannii, frutos da anterior relação com Djaló, e as gémeas Amoor e Valentine, frutos da ex-relação com Daniel Souza
08 jan 2020 • 15:53

A guerra continua e Luciana Abreu, de 34 anos, vai enfrentar este ano os ex-companheiros, Yannick Djaló, de 33 e Daniel Souza, da mesma idade, de quem se separou no final de 2018, em tribunal. A atriz não vai ter descanso em 2020.

A fazer sucesso na ficção nacional, na personagem Tina em 'Terra Brava', a artista está feliz com a vida profissional, mas não se livra de ter pela frente vários processos e este ano vai ser intenso no que respeita à justiça, com processos com o pai das filhas mais velhas: Lyonce, de oito anos, e Lyannii, de sete, e Daniel, pai das gémeas, Amoor e Valentine, de dois anos.

Em relação ao primeiro companheiro, Yannick Djaló, Lucy ainda enfrenta processos como a alteração da pensão de alimentos das filhas, ao acusar Yannick de dever-lhe milhares de euros.

A propósito desta acusação, a casa do jogador, na Moita, foi penhorada pelo Estado. Djaló, na esperança de não perder a moradia, opôs-se e recorreu a decisão da justiça.

Em relação às crianças, a alteração do poder parental também continua a ser um grave problema.

O jogador já não tem relação com as filhas há dois anos e mostra angústia pela situação. O tribunal chegou a ordenar que fossem marcadas visitas entre o atleta e as meninas na presença de psicólogos e assistentes sociais, o que acabou por acontecer apenas uma vez até à data.

Com Daniel Souza, com quem Luciana esteve casada apenas um ano, as coisas também não correm melhor.

Luciana e Daniel enfrentam o processo de divórcio e a queixa de violência doméstica feita pela atriz em dezembro de 2018.  Foi essa queixa que desencadeou que Daniel acrescentasse mais um processo à lista de Luciana Abreu e apresentasse nova queixa por denúncias caluniosas.

Em relação às filhas em comum, Amoor e Valentine, Lucy tem a guarda e Daniel pode passar fins de semanas alternados com as filhas. 

Ainda no que respeita às filhas gémeas, a bailarina de 'Terra Brava' ainda enfrenta um processo de recuperação de património, em relação à casa onde está a residir atualmente. Daniel quer continuar a provar que investiu dinheiro na moradia que acabou por ficar em nome da empresa da cantora.

Longe de serem resolvidos, Luciana Abreu acumula, assim, cerca de nove processos em tribunal com que ainda vai ter de lidar este ano.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo