Luciana Abreu paga 500 euros por semana a cartomante

Irmã ataca atriz e diz que Luciana Abreu “está louca”.
Luciana Abreu, cartomante, apresentadora, atriz, astrologia, irmã, cantora, Ana Luísa
Luciana Abreu, cartomante, apresentadora, atriz, astrologia, irmã, cantora, Ana Luísa
Luciana Abreu, cartomante, apresentadora, atriz, astrologia, irmã, cantora, Ana Luísa
Luciana Abreu, cartomante, apresentadora, atriz, astrologia, irmã, cantora, Ana Luísa
Luciana Abreu, cartomante, apresentadora, atriz, astrologia, irmã, cantora, Ana Luísa
Luciana Abreu, cartomante, apresentadora, atriz, astrologia, irmã, cantora, Ana Luísa
27 mai 2017 • 01:30
Patrícia Bento
A irmã de Luciana Abreu voltou a quebrar o silêncio e acusa a estrela da SIC de ser "louca, mentirosa e manipuladora". Indignada pela forma como está a ser tratada por Lucy, Ana Luísa, de 26 anos, diz não compreender porque é que ela e a mãe, Ludovina, estão a ser "difamadas" e mostra-se contra a decisão de Lucy de fazer um filme sobre a sua vida.

"Sei que, para a minha irmã, morri, mas ela que não se atreva a fazer um filme sobre a vida da nossa família. Espero que a Luciana não me obrigue a contar toda a verdade", afirma, em declarações à ‘TV Guia’. De relações cortadas com a mãe e a irmã, a atriz apoia-se agora em novos amigos.

"A Luciana guia-se pelas cartas de tarot que a amiga Odette Raposo lhe deita, inclusive no carro. A Luciana não faz nada sem consultar a cartomante, a quem paga uma semanada de 500 euros", garante. Mas Ana Luísa não se fica por aqui e vai mais longe ao revelar o que viveu durante os anos em que dividiu a casa com a irmã.

"Ela era muito ciumenta com o ex-companheiro [Yannick Djaló]. Suspeitava de que ele tinha outras mulheres e fazia-lhe a vida num inferno", conta à revista ‘TV Guia’, frisando: "A nova carreira musical da Luciana é o Yannick que está a pagar. Ele deu-lhe 40 mil euros para ela se relançar no mundo da música", adianta. Enquanto Luciana duvida de que a mãe tenha uma depressão, Ana Luísa diz que faltou à irmã "um bom estaladão para mudar a postura". O Correio da Manhã tentou falar com Luciana Abreu, mas sem sucesso.
Mais sobre
Newsletter
topo