Luciana Abreu recorda drama da violência doméstica: "O medo engolia-me"

Atriz e cantora incentiva outras mulheres e também homens que passem pelo mesmo a dizerem "basta".
Luciana Abreu
Luciana Abreu e Daniel Souza
Luciana Abreu
Luciana Abreu e Daniel Souza
06 abr 2020 • 10:41
De quarentena, Luciana Abreu usou as redes sociais para incentivar mulheres e homens que sofram de violência doméstica a dizerem "basta", tal como já lhe aconteceu no passado.

A atriz e cantora recordou uma música que escreveu em 2019 quando estava a passar por um dos momentos mais dramáticos da sua vida. Na altura vivia uma relação com o guia turístico Daniel Souza, com quem tem duas filhas, as gémas Amoor e Valentine, nascidas em dezembro de 2017.

"Compus esta musica, em 2019, num avião, a caminho da Baía (Brasil). Estava a viver um dos momentos mais complicados da minha vida, em que o medo me engolia (porque eu deixava). Quando disse basta e tive coragem de denunciar, com a ajuda das autoridades, da Cruz Vermelha Portuguesa e dos meios que colocam ao dispor das vítimas, o meu medo acabouTu não estás sozinho/a. Denúncia, liga, envia mensagem, foge, mas não te cales. Tu tens o direito a ser respeitado/a e o direito de ser feliz", escreveu no Instgram.

"Corre atrás do teu sonho e valoriza-te", concluiu.



A carregar o vídeo ...
Acusada de usar as filhas


Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo