Luciana Abreu vence guerra em tribunal contra Djaló

Ex-jogador vai ter de pagar 162 mil euros de pensão de alimentos, em falta desde 2017.
Luciana Abreu, Djaló
Luciana Abreu no varão
Luciana Abreu
Luciana Abreu, Djaló
Luciana Abreu no varão
Luciana Abreu
24 nov 2019 • 01:30
Hugo Alves
Luciana Abreu ganhou uma batalha contra Yannick Djaló. O tribunal decidiu que o ex-jogador de futebol vai ter mesmo de pagar a pensão de alimentos, que deve desde 2017, às filhas de ambos: Lyonce (8 anos) e Lyannii (7). "São 2250 euros por mês por cada menina, isto desde 2017", revelou uma fonte próxima do processo.

Contas feitas, Djaló deve agora cerca de 162 mil euros. O antigo avançado terá ainda de pagar as custas de tribunal. Mas, ao que o CM apurou, Djaló, de 33 anos, alegou em tribunal que não pode cumprir com este pagamento uma vez que se encontra desempregado. O ex-avançado do Benfica e do Sporting não tem qualquer clube deste o ano passado.

Contactada, Luciana recusou comentar a decisão. O advogado de Djaló, Paulo Barbosa, esteve indisponível para falar sobre o assunto.
Além deste caso, Lucy, de 34 anos, luta na Justiça no âmbito de outros processos que envolvem o ex-marido, Daniel Souza.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo