Filhos motivam guerra entre Luciana e Djaló

Jogador quer papel mais ativo na vida das duas filhas.
Foto: Duarte Roriz
27 fev 2017 • 01:30
Rita Montenegro
Até há bem pouco tempo, Yannick Djaló conseguia manter uma boa relação com Luciana Abreu, ao ponto de ver diariamente as filhas em casa da ex-mulher, desde que, em dezembro, regressou a Portugal, depois da passagem por um clube da Tailândia. No entanto, tudo mudou drasticamente. Segundo o CM apurou, o desentendimento prende-se com o facto de o jogador querer ter uma participação mais ativa na vida de Lyonce, de cinco anos, e Lyannii, de quatro, e reaproximá-las do irmão, Chrystyan Martin, de oito, filho da relação com Ana Sofia Miguel.

"Até certa altura, a Luciana concordou que era importante para as meninas terem contacto com o irmão, mas nada disso se concretizou. A reunião familiar foi-se adiando, até que ela resolveu que isso não ia acontecer. Pelo menos para já", refere uma fonte.

Djaló, por sua vez, viu-se novamente afastado das filhas, e a relação com Luciana Abreu, de 31 anos, está outra vez fragilizada. "Ele continua a não poder levar as meninas com ele. Só podia vê-las em casa da Luciana, e até isso foi interrompido", refere a mesma fonte.
Mais sobre
Newsletter
topo