Luís Borges recorda período negro de Beauté: "Teve um devaneio e escreveu coisas que não devia"

Modelo recorda com a emoção a morte do antigo companheiro e fala da adaptação à nova vida com os três filhos.
Luís Borges e Eduardo Beauté discordam da divisão de despesas dos filhos
Luís Borges, Eduardo Beauté, Lurdes, Bernardo, Nova Iorque
Foto: Duarte Roriz
18 dez 2019 • 12:43
Luís Borges foi o convidado especial do 'Você na TV', na TVI, onde falou pela primeira vez da morte repentina do antigo companheiro,  Eduardo Beauté. 

Apesar da rutura, o manequim afirma que mantinha uma relação próxima com o cabeleireiro.  Numa conversa intimista com Maria Cerqueira Gomes, Luís Borges falou sobre a relação de oito anos com o cabeleireiro e como recebeu a notícia da sua morte.

"Eu tinha uma relação de amizade com o Eduardo. Ele teve várias situações complicadas e eu estive sempre lá para o apoiar, eu estava em paz com o Eduardo. Eu tinha estado com ele dois dias antes. Quando recebi a notícia foi um choque. O Eduardo vai ser sempre uma pessoa importante na minha vida e foi duro como é obvio", revelou o modelo durante a conversa. 

Visivelmente emocionado o manequim contou que nunca colocou a hipótese de que o cabeleireiro se tivesse suicidado. "Nunca pensei que fosse um ato dele, apesar de uma altura ele ter tido um devaneio e ter escrito coisas que não devia, nós falávamos imenso disso", frisou Luís Borges. 

Apesar do drama,o modelo tentou sempre facilitar a adaptação dos pequenos à nova vida, tendo mantido os três na mesma escola e as suas rotinas.  "A escola deles é super longe da minha casa e a babá deles é a mesma. A minha preocupação é os meus filhos e o bem estar deles. Tudo o que quero fazer é que eles se sintam bem e não sintam muito... eu vou fazer tudo".
 
Atualmente com a guarda dos três filhos em comum com o cabeleireiro, o modelo preserva a memória do ex-companheiro junto das crianças e garante que este vai ser "sempre uma pessoa muito importante" na sua vida.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo