Filha de Luis Enrique morre aos nove anos após cinco meses de luta contra o cancro

Ao fim de cinco meses de luta, pequena Xana não resistiu a um tumor nos ossos.
Luis Enrique e a filha de nove anos
Luis Enrique e a filha de nove anos
Foto: Direitos Reservados
31 ago 2019 • 01:30
Miguel Azevedo

Luis Enrique, o ex-treinador do Barcelona, está de luto. O técnico espanhol perdeu a sua filha Xana, de apenas nove anos, que não conseguiu resistir a uma dura batalha contra um cancro nos ossos.

A notícia foi dada pelo próprio Luis Enrique numa curta mensagem veiculada na passada quinta-feira através das redes sociais. "A nossa filha Xana faleceu esta tarde com 9 anos, depois de lutar durante cinco intensos meses contra um osteossarcoma. Obrigado por todas as manifestações de carinho recebidas durante estes meses e agradecemos discrição e compreensão", lê-se na publicação do técnico. "Vamos ter muitas saudades tuas, mas recordaremos cada dia das nossas vidas, com esperança de que no futuro nos voltaremos a encontrar."

A pequena Xana estava nos últimos meses internada no Hospital Sant Joan de Deu, em Barcelona, e nos últimos dias entregue aos cuidados paliativos. Recorde-se que foi por causa da saúde da filha que Luis Enrique abandonou, em junho passado, o cargo de selecionador espanhol, alegando na altura "questões pessoais".

Entretanto, as reações vão chegando um pouco de toda a parte. O ex-internacional português Luís Figo deixou uma mensagem para o amigo: "Hoje é um dia muito triste. A Xana, que descansa em paz, deixou-nos. As minhas mais sinceras condolências para ti e para a tua família. Adoramos-vos!" Também Cristiano Ronaldo deixou uma mensagem de apoio. "Toda a força do Mundo e um abraço enorme, Míster", lê-se. "Estamos todos consigo, toda a força do Mundo", escreveu também Messi.

Mais sobre
Newsletter
topo