Luísa Beirão quebra silêncio após agressões

Modelo e os filhos estão sob proteção policial 24 horas por dia.
Luísa Beirão
Foto: Duarte Roriz
04 abr 2017 • 15:48

Luísa Beirão quebrou o silêncio sobre as agressões de que foi vítima na semana passada, através de um comunicado emitido pela sua agência. A modelo de 39 anos diz que o ataque em sua casa "foi brutal" e que o caso está entregue às autoridades. Por isso, tanto Luísa como os dois filhos, Isabel, de nove anos, e Frederico, de seis, estão sob proteção policial 24 horas por dia.

"A brutalidade do ataque que sofreu dentro da sua própria casa na madrugada de dia 30 de março de 2017, está a ser investigada pelas entidades competentes tendo por base os exames feitos pelo departamento de medicina legal. A Luísa e os seus filhos encontram-se sob proteção 24 horas por dia para garantir a sua segurança. Esta será a única declaração que a Luísa fará sobre este assunto", pode ler-se. Na primeira pessoa, a modelo diz apenas que só quer "ser feliz" com a família.

Recorde-se que Luísa Beirão deu entrada no Hospital de São José, em Lisboa, na quinta-feira. O ex-namorado, Ricardo Simões, negou qualquer agressão e diz que apenas se defendeu da modelo, depois de uma discussão, quando foi ao apartamento que ambos partilhavam para ir buscar alguns bens.

Esta não é a primeira vez que Luísa Beirão se queixa de violência doméstica. A modelo também acusou o ex-marido e pai dos filhos, Miguel Pedrosa, de a ter agredido, mas este foi absolvido por falta de provas.

Mais sobre
Newsletter
topo