Madalena Brandão vence Covid-19: "Foi desafiante emocionalmente"

Após seis testes positivos, recebeu “o esperado negativo”.
Foto: DR
21 ago 2020 • 01:30
André Filipe Oliveira
"Finalmente!" Foi desta forma que Madalena Brandão, de 40 anos, reagiu ao teste negativo à Covid-19, que garantiu assim a superação do vírus, após mais de um mês a testar positivo. No total, realizou sete exames de despistagem. O sentimento de alívio apoderou-se da atriz mal soube do resultado. "Recebi o tão esperado negativo. Nem imaginam o alívio que foi e a festa que fiz. Foi um mês e meio difícil, em que senti necessidade de desligar. Precisei mesmo de focar-me na minha família, na nossa recuperação e fazer um isolamento total", assinalou nas redes sociais, em êxtase.

Durante o último mês, a estrela, que integra o elenco da novela ‘Amar Demais’, da TVI, com estreia prevista para setembro próximo, refugiou-se no Alentejo com o marido e os filhos. Embora com sintomas leves, Madalena passou o cabo das tormentas. "Vírus estranho este que, no meu caso, foi muito leve fisicamente, mas bastante desafiante emocionalmente."

A atriz acredita que a alimentação cuidada e rigorosa contribuiu para a superação da doença. "Sentia-me ótima fisicamente e só pensava em poder voltar ao trabalho e seguir com a minha vida. Estive muito focada em cuidar do meu corpo - exercício físico, alimentação saudável, suplementos e chás. Experimentei tudo o que sabia que iria ajudar a reforçar o sistema imunitário."

Ultrapassado este momento mais conturbado a nível de saúde, Madalena Brandão prepara o regresso às gravações da novela da TVI, em que vai interpretar Salomé. "Obrigada a toda a equipa da novela ‘Amar Demais’ e à TVI por esperarem por mim e pela força e calma que me transmitiram durante estes tempos", completou a atriz.

Rocha eleito para estudo sobre vírus
A luta de Fernando Rocha contra a Covid-19 despertou a atenção da equipa médica que o chamou para um estudo. "Querem estudar a persistência do vírus e se ajuda a tornar a pessoa imune", revelou.

Sofia Jardim lembra "dias assustadores"
Sofia Jardim lembrou o tormento ao lutar contra a Covid-19, que contraiu em viagem aos Alpes franceses. "Os primeiros dias foram assustadores. Não tinha sintomas. Não sabia se iria ter e o que seriam."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo