Madonna exige 1,6 milhões de euros para atuar na Eurovisão

A cantora ainda não assinou o contrato que garante a sua atuação na final, mas já tem uma lista de exigências.
Madonna
Madonna
15 mai 2019 • 16:49
Madonna ainda não está garantida na final da Eurovisão mas já tem uma lista de exigências bem extensa. Inicialmente, a cantora pediu um milhão de euros para cantar duas músicas, mas a poucos dias do evento já aumentou o seu cachê para 1,6 milhões de euros. 

A estrela exigiu, ainda, que a produção do festival lhe arranjasse um voo de Londres para Telavive de forma a transportar uma escada cenográfica de 70 degraus e um elevador especial. 

Entretanto, a cantora também aumentou a lista de pessoas que a acompanharão nesta viagem: de 130 passaram para 145. Como se isso não bastasse, Madonna pediu equipamento de projeção, luzes e som adicional, bem como um sistema de projeção de hologramas. Segundo a imprensa israelita "teve de ser construída uma tenda extra para abrigar todo o material extra". 

A escolha das músicas também está a ser controversa. A estrela, inicialmente, ia cantar um dos seus temas mais recentes e o êxito 'Like a Prayer', mas mudou de opinião depois de perceber a dimensão da audiência que iria ter, pelo que optou por interpretar dois temas do seu novo álbum, 'Madame X'. Contudo, a União Europeia da Radiodifusão rejeitou esta mudança. 

Apesar de ainda não ter assinado o contrato, Madonna deve chegar a Israel a 15 de maio, ficando alojada no luxuoso Dan Hotel Tel Aviv. Para a estrela e a sua equipa foram reservados 37 quartos no quinto piso. 

A final do Festival da Eurovisão da Canção realiza-se sábado, dia 18 de maio. 

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo