Mãe de Cristiano Ronaldo revela segredos de família

Dolores recorda momento em que viajou até aos Estados Unidos para ir buscar os filhos de CR7.
Dolores Aveiro com os netos
Dolores Aveiro com os netos
Foto: Instagram
24 mar 2020 • 01:30
Carolina Cunha

Os três primeiros filhos de Cristiano Ronaldo são frutos de barriga de aluguer e o nascimento sempre esteve envolto em grande secretismo. No último domingo, a mãe de Cristiano Ronaldo decidiu revelar alguns segredos acerca desses momentos, em especial da viagem que fez aos Estados Unidos, para ir buscar os gémeos Eva e Mateo, nascidos em 2017.

Em conversa com Bárbara Guimarães, no programa da SIC ‘24 Horas’, Dolores contou como fez a viagem em segredo, apenas na companhia da melhor sua melhor amiga e confidente, Antónia, enquanto Ronaldo permanecia em Espanha por motivos profissionais.

"A Antónia para mim é uma irmã, é muito especial. Fomos as duas buscar os meninos", revelou a mãe de CR7 demonstrando o elevado nível de confiança entre as duas. Apesar de não revelar os motivos, durante a conversa, a amiga de Dolores contou que a viagem não correu conforme previsto e que em vez de quatro dias foram obrigadas a permanecer nos EUA mais de 20 dias para conseguirem trazer os bebés para junto da família, então composta apenas por Cristianinho. Nessa altura, Ronaldo já namorava com Georgina e meses mais tarde iria nascer Alana Martina.

Nascimento dos gémeos
Mateu e Eva completam três anos de vida em junho. À semelhança do que aconteceu com Cristianinho, segundo documentos do Supremo Tribunal da Califórnia, também os gémeos nasceram fruto de barriga de aluguer, numa clínica nos EUA. Sobre o parto, as informações são escassas e sabe-se apenas que Mateo dos Santos foi o primeiro a nascer, às 09h07, e Eva Maria um minuto depois. Nos documentos não existe qualquer informação referente à mulher que deu à luz as crianças.

"O meu filho tratou-me em boas clínicas"
Dolores regressou na última sexta-feira a casa, depois de duas semanas internada, após ter sofrido um AVC. Agora, está em isolamento no prédio de luxo, que partilha com CR7 e os filhos, no Funchal.

Antes deste susto, Dolores já tinha gravado o programa agora emitido, com Bárbara Guimarães, onde fala de outros pesadelos que viveu, como a luta contra dois cancros na mama. "Houve coisas que me mudaram muito. A doença fez-me mudar. O primeiro cancro foi em 2007, em 2016 aconteceu outra vez", diz, acrescentando: "Chorei muito. Graças a Deus, o meu filho [Ronaldo], como pode, tratou-me bem, em boas clínicas. Dei a volta".

Primos de quarentena
Cristiano Ronaldo e toda a sua família estão a cumprir a quarentena no Funchal para delícia das crianças da família, que têm a oportunidade de passar momentos juntos. Nas redes sociais, são partilhados momentos de Cristianinho com os primos.

CR7 mostra abdominais 
Cristiano Ronaldo tem partilhado como está a ser a quarentena na Madeira. Esta segunda-feira, foi a vez de a irmã do craque Katia divulgar uma foto em que o clã surge unido e CR7 aproveita para mostrar os abdominais.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo