Mãe de Kim Kardashian nega acusações de assédio sexual

Kris Jenner está a ser acusada de ter tido uma conduta incorreta com um segurança.
Kris Jenner é a matriarca do clã Kardashian-Jenner
kris jenner, kim kardashian
Kim Kardashian, Paris, Kris Jenner, Ellen DeGeneres
Kris Jenner é a matriarca do clã Kardashian-Jenner
kris jenner, kim kardashian
Kim Kardashian, Paris, Kris Jenner, Ellen DeGeneres
01 out 2020 • 18:33
Kris Jenner nega categoricamente as acusações de assédio sexual por parte de um segurança com quem trabalhou em 2017. A mãe de Kim Kardashian diz que nem sequer tinha confiança suficiente com Marc McWilliams para deixá-lo entrar em sua casa e até recorda que estava insatisfeita com o seu trabalho.

Indignada, emitiu um comunicado, assinado pelo seu representante legal. 

"A Kris nega categoricamente ter algum dia agido de forma inapropriada com Marc McWilliams. O segurança trabalhava na área externa da casa e nunca entrou na casa de Kris. Ela teve pouquíssima interação com ele", lê-se no comunicado citado, onde também é frisado que o funcionário não agradava à família, uma vez que foi "várias vezes apanhado a dormir no carro durante o horário de trabalho". "O segurança nunca fez nenhum tipo de reclamação contra Kris aos seus empregadores antes de surgir com esta acusação".

Marc McWilliams afirma que Kris Jenner teve "comportamentos racistas, sexistas e sugestivos" e acusa-a de ter tecido comentários de cariz sexual e de o ter forçado ao contacto físico, nomeadamente através de massagens.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo