Mais acusações de plágio do clã Carreira

Além de Tony Carreira, também os filhos David e Mickael poderão ter copiado músicas.
Tony  Carreira
Tony Carreira
Foto: Duarte Roriz
15 set 2017 • 01:30
Rute Lourenço
Acusado pelo Ministério Público de onze crimes de usurpação e contrafação de canções estrangeiras, Tony Carreira vê a polémica do plágio estender-se aos filhos, David e Mickael. Os dois cantores também estão debaixo de fogo com acusações de que terão copiado músicas de outros artistas.

David Carreira foi o primeiro a ver o seu nome posto em causa com o tema ‘Acabou’, que interpreta com Ana Free. Segundo os rappers Player e João Pequeno, a música contém partes das letras dos seus temas ‘Verdade ou Consequência’ e ‘Dias Cinzentos’.

Já Mickael Carreira está no centro da polémica com a música ‘Porque Ainda Te Amo’, lançada em 2012, que muitos garantem ser uma cópia do tema do cantor argentino Luciano Pereyra ‘Porque Aún Te Amo’.

No entanto, é sobre o pai Tony, de 53 anos, que recai a mais grave acusação e o cantor incorre numa multa até 450 mil euros e até três anos de prisão por cada crime.

Em causa estão onze temas de sucesso como ‘Adeus Até um Dia’, ‘Sonhos de Menino’ ou ‘Porque é que não Vens’. As notícias do plágio já chegaram a outros países, como a Turquia.

Acusado de nove crimes
A queixa contra Tony Carreira visa também o seu colaborador de longa data Ricardo Landum, que está acusado de nove crimes de usurpação e de contrafação. No despacho de acusação pode ler-se que Tony e Landum "aproveitaram a matriz de obras alheias, utilizando a mesma estrutura, melodia, ritmo e por vezes a própria letra".

Filhos apoiam em silêncio
Tony Carreira reagiu prontamente às acusações de plágio, garantindo que se trata de uma queixa "oportunista e injustificada", que já dura há "dez anos", por parte da Companhia Nacional de Música.

Através de um comunicado, o cantor fez saber a sua indignação, mas entre a família o silêncio parece ser a estratégia comum. Nenhum dos três filhos do cantor se manifestou publicamente sobre o assunto e também a ex-companheira, Fernanda Antunes, escolheu o silêncio. Ainda assim, segundo o CM apurou, os filhos e também Fernanda – de quem o músico nunca se divorciou no papel – têm sido o grande apoio do cantor de sonhos nesta fase difícil.

"A Fernanda é o braço direito do Tony e é a ela que vai buscar forças. É muito lúcida e não dramatiza", diz uma fonte, acrescentando que o ex-casal mantém a união no meio da polémica. "A Fernanda tem estado muito próxima do Tony".

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo