Manuela Moura Guedes denuncia pressões na SIC para a afastarem

Jornalista recusou apresentar formato de entrevistas e acabou por sair da estação de Paço de Arcos.
Manuela Moura Guedes
Manuela Moura Guedes
Manuela Moura Guedes
Manuela Moura Guedes
Manuela Moura Guedes
Manuela Moura Guedes
Manuela Moura Guedes
Manuela Moura Guedes
15 nov 2019 • 01:30
Paulo Abreu
A colaboração de Manuela Moura Guedes com a SIC acabou mal. A jornalista de 63 anos não esconde a tristeza por estar outra vez longe da televisão, mas garante que já não se ilude "com ninguém".

À ‘TV Guia’, sobre o fim do espaço de comentário no ‘Jornal da Noite’, deixou uma explicação: "Comecei por ter 18 minutos, acabei com 8. Tinha uma pessoa da pesquisa a trabalhar comigo e levaram-na. Enfim... Sei que receberam muitas pressões para me afastar e também sei que é preferível terem o Francisco Louçã e o Marques Mendes, gente muito independente, como todos bem sabemos."

Apesar da promessa feita em direto por Ricardo Costa, diretor-geral de Informação da SIC, em junho, de que Moura Guedes ia voltar após o verão, tal não se verificou. E a jornalista justifica: "Propuseram-me fazer entrevistas e disse-lhes que ninguém ia aceitar ser entrevistado por mim, só personalidades de terceira e quarta categoria. Ia ser um flop. Insistiram e não aceitei. Vim-me embora."

Já a SIC afirma que "foi proposto um formato" a Moura Guedes, "que aceitou". "A 15 dias de ir para o ar, teve dúvidas e a SIC decidiu não avançar. A história é única e exclusivamente essa e é por isso uma fantasia o tema das pressões."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo