“Maradona riu-se e agarrou a minha mão”, conta médico que operou ex-jogador ao cérebro

Argentino mostra-se estável horas após intervenção de risco.
Diego Maradona foi submetido a uma operação ao cérebro
Lenda do futebol surpreende o mundo com susto de saúde. Admiradores atentos à evolução de Maradona horas após cirurgia
Lenda do futebol surpreende o mundo com susto de saúde. Admiradores atentos à evolução de Maradona horas após cirurgia
Diego Maradona foi submetido a uma operação ao cérebro
Lenda do futebol surpreende o mundo com susto de saúde. Admiradores atentos à evolução de Maradona horas após cirurgia
Lenda do futebol surpreende o mundo com susto de saúde. Admiradores atentos à evolução de Maradona horas após cirurgia
05 nov 2020 • 01:30
André Filipe Oliveira
Um dia após uma intervenção de urgência ao cérebro para remover um coágulo, Diego Armando Maradona, de 60 anos, revela melhorias significativas. É o médico do antigo jogador, Leopoldo Luque, que adianta pormenores acerca do pós-operatório.

"Estamos a tentar que ele recupere progressivamente. São decisões dos médicos dos cuidados intensivos, com os quais estamos em total acordo. Estamos a trabalhar juntos, na mesma linha, e o Diego tem respondido muito bem. Quando o fui visitar, riu-se olhou para mim e agarrou a minha mão. A primeira impressão é favorável". Embora esteja estável, a lenda vai permanecer sob observação médica.

Ao longo das últimas horas, fãs, personalidades ligadas ao futebol e desporto têm-se mostrado solidárias com o estado de saúde de Maradona, enviando-lhe mensagens de força e ânimo. É o caso de Lionel Messi. "Diego, toda a força do Mundo. Eu e a minha família queremos ver-te bem o quanto antes. Um abraço, do coração", escreveu nas redes sociais.

O presidente da Argentina Alberto Fernández e Nicolás Maduro, o presidente venezuelano, também se mostraram solidários com a situação do antigo craque.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo