Marco Paulo põe tudo em pratos limpos

Artista mostra-se indignado com o facto de a TVI ter negado interesse na sua contratação e conta pormenores das conversas, onde lhe disseram que seria o segundo rosto do canal. Cantor não poupa críticas aos responsáveis
Marco Paulo
Marco Paulo
Foto: Direitos Reservados
03 abr 2021 • 16:13
Marco Paulo ficou "desiludido" e considerou "deselegante" o comunicado da TVI que esclareceu que o canal não tinha interesse na sua contratação e que tinha sido o músico a oferecer-se para trabalhar. "Como qualquer ser humano, não gosto de ser maltratado. Não admito que, por motivos de audiências, me metam numa situação que não gosto. Sou cantor, a minha presença na televisão é para cantar. Não sou apresentador de programas", começou por frisar em entrevista a Júlia Pinheiro, indignado com o facto de a situação não ter sido resolvida em privado, já que é amigos das pessoas envolvidas [Cristina Ferreira e o acionista da TVI Mário Ferreira].

"Fui metido numa teia da qual não tive culpa nenhuma. Há dois canais e há uma pessoa que é disputada e, por acaso, sou eu... podia ser outro qualquer. É muito estranho dar-se um comunicado quando se fala com a pessoa, quando se é amigo da pessoa, como eu era. Já tinha almoçado e jantado com uma pessoa - não vou falar em nomes - e era amigo pessoal". O interesse começou após ser transmitido um concerto de Marco Paulo na SIC. "Recebi um telefonema de alguém a dizer que eu não tinha de estar na SIC (...) A perguntar se tinha contrato com a SIC ou não, que quando viesse a Lisboa ia entrar em contacto com a direção de programas desse dito canal [TVI]."

O artista também se mostra revoltado com o facto de a TVI ter referido que o cantor fez jogo duplo para aumentar o seu valor de mercado. "Que eu andei a aproveitar-me para subir a minha cotação? Eu não faço parte da bolsa. Tive conversações com as pessoas. Falei com a SIC, que sempre demonstrou interesse. Falei com as pessoas do outro canal e pediram-me para ter um almoço com algumas pessoas da administração do canal. E ninguém vai almoçar a uma casa se não for convidado, eu não vou", disse, sem nunca referir nomes, no entanto, uma das pessoas da TVI que recebeu em sua casa foi Cristina Ferreira. Pelas conversas, o artista percebeu que ia ter muito destaque na TVI. "Eu seria a segunda figura do canal. Tinha uma promessa de um concerto num cruzeiro..." Mas tudo falhou. "Tinha de receber uma proposta até à sexta-feira passada, mas essa proposta nunca aconteceu". Júlia Pinheiro deu a entender que o artista ficará na SIC e terá uma série sobre a sua vida.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo