Maria Botelho Moniz quebra silêncio sobre saída da SIC: “Não sou de fazer as coisas pela calada ou pelas costas”

Apresentadora explicou mudança para a TVI.
Maria Botelho Moniz
Maria Botelho Moniz
Maria Botelho Moniz
Maria Botelho Moniz
Maria Botelho Moniz
Maria Botelho Moniz
Pedro Ribeiro
Maria Botelho Moniz
Maria Botelho Moniz
Maria Botelho Moniz
Maria Botelho Moniz
Maria Botelho Moniz
Maria Botelho Moniz
Pedro Ribeiro
14 ago 2020 • 16:44

Maria Botelho Moniz falou pela primeira vez sobre a saída da SIC, onde trabalhou cerca de 12 anos para o canal concorrente, a TVI.

Em declarações à ‘TV7Dias’, a apresentadora de 36 anos revelou que foi Pedro Ribeiro, na altura diretor-executivo de Programas da TVI quem a convenceu a mudar de canal, com o objetivo de oferecer "uma plataforma um bocadinho maior" à comunicadora: "Olhando em redor, sabia que, se calhar, no sítio onde estava, essa plataforma não chegaria tão cedo, porque havia outras pessoas à minha frente na fila", disse, referindo-se à SIC.

"Se me custou (a saída da SIC)? Claro que sim. Deixei para trás amigos e colegas de quem tenho muitas saudades, muitos deles com quem falo diariamente. Mas eu tinha de mudar", acrescentou.

Todavia, quando a apresentadora anunciou a mudança para o canal de Queluz de Baixo em março deste ano, algumas notícias deram conta que a sua saída não foi pacífica, tendo sido acusada de negociar em simultâneo com os dois canais. Algo que a apresentadora fez questão de esclarecer: "Quem me conhece sabe que não sou de fazer as coisas pela calada ou pelas costas. Apenas recebi um telefonema, ouvi o que me disseram e tomei uma decisão", afirmou.

Recorde-se que a apresentadora encontra-se atualmente a substituir Manuel Luís Goucha no ‘Você na TV’ durante o seu período de férias.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo