Maria Cerqueira Gomes triste com regresso solitário ao Porto

Oficializado o fim da união com António Miguel Cardoso, a apresentadora foca-se nos filhos e na rotina na Invicta.
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
Maria Cerqueira Gomes
29 fev 2020 • 19:37
André Filipe Oliveira
Falta menos de dois meses para Maria Cerqueira Gomes regressar em definitivo ao Porto. Ao fim de um ano e meio a viver em Lisboa, a apresentadora percebeu que o mais importante é estar perto dos filhos Francisca, de 17 anos, e João, de dois.

Com a mudança para a TVI, e por consequente para a capital portuguesa, a nortenha perdeu António Miguel Cardoso, com quem mantinha uma relação amorosa há cerca de cinco anos. A rutura aconteceu em agosto, mas foi escondida do público. Maria estaria, ainda, disposta a tudo para reatar, mas em vão.

O companheiro está completamente decidido em refazer a sua vida longe da ‘ex’.

Neste regresso a casa, a estrela da TVI vai manter o contrato com o canal, embora com um corte avultado no salário. Quanto a funções? "Irei fazer reportagem a Norte e há outras coisas em cima da mesa de que é prematuro falar", explicou em recentes declarações à imprensa.

Embora esteja convicta de que o regresso ao Porto é o mais certo, Maria assume que o último ano foi de total aprendizagem. "Apesar de ter estado exposta, foi dos anos em que mais cresci interiormente."

REFLEXÃO MISTERIOSA

Nos primeiros dias de 2020, Maria Cerqueira Gomes partilhou com os admiradores, através das redes sociais, um balanço sobre as suas perspetivas e desejos para os meses seguintes e a menção ao companheiro já não existia.

"Cheguei à conclusão que queria estar mais tempo a Norte. Só serei boa mãe se for boa profissional, mas o contrário também é verdade", escreveu.

Para enfrentar esta fase de mudança, a apresentadora vai contar com o apoio da família, em especial dos pais e dos irmãos. "Neste ano, espero conseguir ser mãe, filha, mulher junto dos meus. Que seja um ano de equilíbrio."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo