Marisa Cruz fala sobre infância marcada pelas dificuldades e pela prisão do pai

"Não tínhamos quase o que comer", revela.
Marisa Cruz: 'Os pratos são sempre pensados por mim'
importa
Marisa Cruz
Marisa Cruz: 'Os pratos são sempre pensados por mim'
importa
Marisa Cruz
22 set 2019 • 01:30
Marisa Cruz abriu o coração e, em entrevista a Fátima Lopes, fez várias confissões sobre a vida pessoal, marcada por vários dramas na infância, entre as quais a relação distante com o pai.

"Tive muito pouco contacto com ele. Eu visitei o meu pai, num sítio que não tenho de ter vergonhas. Ele estava preso. Não sei muito bem porquê. Lembro-me de o ter visitado com a minha mãe e dele me oferecer um fio de ouro", diz, referindo que, mais tarde, soube pelo padrasto que o pai tinha morrido.

Com uma infância marcada pelas dificuldades, Marisa diz que nunca teve uma vida fácil.

"Não tínhamos quase o que comer. Quando era mais velha tive de ajudar a minha mãe. Trabalhei em limpezas, cafés. Não tinha margem nenhuma para sonhar, só sobreviver", conta.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo