Maria Leal acusada de burlar ex-marido

Antigo companheiro diz que artista só se casou para ficar com o seu dinheiro.
Maria Leal na CMTV
Maria Leal, Tiago Ginga, Facebook, Rio Meão, artes, cultura e entretenimento, concerto, espetáculo
Foto: CMTV
23 out 2016 • 15:27
Rita Montenegro
Numa altura em que Maria Leal consegue ganhar popularidade através da música ‘Dialetos de Ternura’, o seu passado volta a persegui-la.

A artista, de 46 anos, é acusada de ter ficado com dinheiro do ex-marido. Francisco d’Eça Leal, de 26 anos, garante que ficou sem um milhão de euros – deixados de herança pelo pai, o arquiteto Paulo Guilherme D’ Eça Leal. "O meu pai deixou-me bens para eu poder viver tranquilo o resto da minha vida. Em dinheiro, deixou-me 550 mil euros e mais quatro apartamentos em Lisboa, sendo que três vendeu ela ao desbarato para fazer dinheiro. Não sei onde está o meu milhão de euros", já fez saber.

Com uma reforma por invalidez na ordem dos 300 euros, Francisco d’Eça Leal assumiu que o seu casamento foi uma farsa. "Ela esteve comigo por interesse. Eu era ingénuo. No início, andávamos sempre juntos, só que depois de casarmos e de ela tomar conta dos negócios, começou a afastar-se", afirmou.

Com duas lojas de roupa, Maria Leal – que já foi casada por cinco vezes – concretiza agora um sonho antigo: cantar e dar concertos. No entanto, a artista tem sido arrasada com críticas por parte de vários artistas e chegou mesmo a ser a razão pelo qual o lançamento do disco de estreia de Tiago Lamy – que contava com a participação de Carolina Deslandes – foi cancelado. O artista assumiu que, por causa de Maria Leal, não iria realizar um dos momentos mais importantes da sua carreira.

Maria Leal, por sua vez, soma e segue imparável, com vários concertos marcados e assume mesmo: "Sei que sou uma croma, mas até nem canto mal." Ciente da popularidade da artista, Rui Unas convidou-a para participar no seu programa.
Mais sobre
Newsletter
topo