Marisa Cruz assume drama na infância com a morte do pai na prisão

Aos oito anos, a apresentadora viu o pai morrer na cadeia. A má relação com a mãe obrigou-a a trabalhar e deixar os estudos.
Marisa Cruz
Marisa Cruz com um dos filhos
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz com um dos filhos
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
Marisa Cruz
28 set 2019 • 12:16

"A minha vida não foi fácil." Foi desta forma que Marisa Cruz, de 45 anos, iniciou o relato dos episódios mais marcantes da sua vida. A apresentadora recuou aos tempos de infância e lembrou as dificuldades que viveu ao lado da mãe, Dulce da Cruz: "Vim muito nova de Angola. O meu único irmão, de mãe e pai, já nasceu cá. Fomos separados muito novos. Eu fiquei com a minha mãe e a partir daí a minha vida foi um reboliço. Nunca tive aquelas memórias do Natal. A minha vida sempre foi aqui e acolá. Ficávamos num sítio, depois íamos para outro. Em casa de amigos, pensões."

Esta falta de estabilidade impossibilitou a ex-miss Portugal de estudar. "Não tive oportunidade de estudar como gostaria. Estava a trabalhar e tinha de trabalhar. Estudei até ao 9.º ano. Abandonei o ano escolar a meio várias vezes, não por vontade minha, mas pela vida. "Trabalhei em limpezas, cafés. Fiz um pouco de tudo. Nunca consegui criar raízes em lado nenhum. Sempre me habituei a sobreviver sozinha. Não tinha margem nenhuma para sonhar, só sobreviver. Fui cuidadora da minha mãe e dos meus irmãos. Não tive infância", recordou emocionada.

Saiba toda a história na revista Vidas, hoje nas bancas em exclusivo com o seu Correio da Manhã. 

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo