Marta D'Orey assume melhorias

Jovem submetida a tratamento experimental.
21 abr 2017 • 18:08
Marta D’Orey– que emocionou o País, depois de Cláudia Vieira ter revelado que a jovem, de 18 anos, precisava de um transplante pulmonar para sobreviver – divulgou ontem, nas redes sociais, que o seu quadro clínico está a evoluir favoravelmente.

"A função respiratória assumiu o dobro do valor. Contra todas as expectativas, o tratamento está a resultar", explica Marta, que perdeu quase 90 por cento da função respiratória na sequência de uma gripe A mal curada. A jovem acrescentou, no entanto, que não está curada. "O topo do Evereste é o destino".
Mais sobre
Newsletter
topo