Marta d'Orey faz vídeo comovente sobre a doença

Jovem estudante vive com 14 por cento da função respiratória.
Marta d'Orey continua a ser submetida a um tratamento experimental com anticorpos
Marta d'Orey
Foto: Direitos Reservados
07 jan 2017 • 03:00
Rita Silva Resendes
Marta d’Orey, de 19 anos, continua a lutar pela vida. Poucos dias depois do CM ter dado a conhecer a sua história, a jovem, que está a ser submetida a um tratamento experimental no Hospital de Santa Marta, em Lisboa, é a protagonista de um vídeo emotivo divulgado nas redes sociais.

"A doença muda o meu olhar sobre a vida", desabafa, continuando: "Muda o olhar dos outros. Isso é o que custa mais". Nas imagens, a "miúda furacão" mostra garra. "Quero ficar por aqui mais algum tempo. Quero ficar à grande", diz de sorriso no rosto.

Marta está a sensibilizar o País por ter recebido um diagnóstico demasiado pesado para a idade. A estudante de Publicidade e Marketing vive apenas com 14 por cento da função respiratória devido a uma gripe A mal tratada. Só o sucesso de um tratamento-piloto ou, em último caso, um transplante pulmonar lhe pode aumentar a esperança de vida.
Mais sobre
Newsletter
topo