Médica espanhola quer distância de João Félix após assédio: "Bloqueei-o"

Arancha Zur afirma que se fosse Margarida Corceiro não teria perdoado a traição.
Margarida Corceiro e João Félix
Margarida Corceiro e João Félix
A médica espanhola Arancha
Margarida Corceiro e João Félix
Margarida Corceiro e João Félix
A médica espanhola Arancha
04 mar 2020 • 11:49
A polémica que envolve João Félix e Arancha Zur continua! A médica deu uma entrevista à TV7 Dias onde falou sobre os comentários negativos que tem recebido após ter divulgado as mensagens com convites do jogador português para se envolverem.

"Chateou-me terem dito mal de mim mas a verdade é que agora estou a achar piada. Andei a minha vida toda a estudar a e a trabalhar para ganhar a vida, defendendo sempre os meus valores… e agora dizem que ando à procura de dinheiro?", começa por dizer. "Pessoas que não conheço de lado nenhum chamaram-me p***, porca… Não quero confusões. Aqui a mentirosa não sou eu", garante.

Durante a semana passada, Arancha revelou que mentiu sobre a data das mensagens depois de um pedido de um amigo do jogador  mas garante que já não mantém contacto com o craque. "Bloqueei-o. A ele e aos amigos dele. Não quero que me tentem manipular. Quero manter-me no anonimato mas não quero que me vejam como uma mentirosa". Cerca de dois dias depois de ter garantido que as mensagens eram de julho, ou seja, numa altura em que a Margarida Corceiro e João Félix ainda não estavam juntos, a médica confessou que as mensagens eram de outubro, dias antes da concorrente do 'Dança com as Estrelas' fazer anos.

A médica garantiu que terminaria a relação se tivesse no lugar da Margarida Corceiro. "Obviamente que o deixaria! Quem é que perdoa uma coisa destas?", afirma.

Recorde-se de que Margarida Corceiro terminou a relação com João Félix depois de descobrir que tinha sido traída.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo