Meghan Markle cada vez mais afastada da família biológica para proteger o filho

A duquesa de Sussex tem encontrado no príncipe Carlos uma figura paternal.
Thomas Markle Jr.
Madrasta de Meghan Markle, Roslyn Markle
pai de Meghan Markle, Thomas Markle
Irmã de Meghan Markle, Samantha
Meghan Markle e a mãe, Doria Ragland
Thomas Markle Jr.
Madrasta de Meghan Markle, Roslyn Markle
pai de Meghan Markle, Thomas Markle
Irmã de Meghan Markle, Samantha
Meghan Markle e a mãe, Doria Ragland
02 jul 2019 • 16:06
Desde que iniciou o seu relacionamento com o príncipe Harry, o afastamento de Meghan Markle da família biológica foi evidente. Apesar de manter uma relação de proximidade com a mãe, Doria Ragland, a duquesa cortou relações com o pai e a irmã.

Segundo a imprensa internacional, a mulher de Harry tomou a decisão de cortar definitivamente os laços com os familiares para proteger o filho, Archie. 

Uma decisão dificil e dolorosa para a duquesa que tem encontrado na família real algumas referências familiares. A publicação britânica 'Daily Mail' dá conta que Meghan tem colmatado a falta que sente no príncipe Carlos, pai de Harry, que considera uma "influência positiva". 

"Ela vê o Carlos como uma figura paternal", contou uma fonte ao jornal. A visão de Meghan é que não há lugar para o pai dela ou o resto da família na sua vida agora. Ela tem uma família forte à volta dela e do Harry, com o seu adorável filho, e ela tem sido muito, muito clara que só quer influências positivas para o Archie", acrescentou a mesma fonte.

Apesar das várias tentativas de reaproximação por parte da família, a reconciliação parece mesmo algo improvável de acontecer.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo