Meghan Markle obrigada a regressar a Inglaterra

A confirmar-se nova cerimónia em Londres de homenagem a Diana, ex-atriz deverá acompanhar Harry, no primeiro encontro com a família real
Harry e Meghan Markle
Meghan e Harry foram pais de uma menina, Lilibet Diana
Harry e Meghan Markle
Meghan e Harry foram pais de uma menina, Lilibet Diana
10 jul 2021 • 13:44
Desde que Harry e Meghan se mudaram para os EUA, em março do ano passado, para iniciarem juntos uma nova etapa já sem serem membros seniores da família real britânica que a ex-atriz nunca mais regressou ao Reino Unido.

Mas apesar de a sua vida quotidiana se desdobrar agora na Califórnia, longe dos media, Meghan pode ter de regressar a Inglaterra mais cedo do que poderia esperar.

Segundo o ‘Daily Mail’, é possível que a duquesa de Sussex tenha de viajar com o marido, já em setembro, para Londres para o acompanhar numa nova homenagem à mãe. É que como a recente inauguração da estátua de Diana de Gales, nos jardins do Palácio de Kensington, teve de ser menor do que o esperado devido à crise pandémica (apenas uma dezena de pessoas acompanhava os dois filhos da princesa), um segundo ato está a ser ponderado, este sim incluindo mais familiares que não puderam comparecer na primeira cerimónia.

E aí, escreve a imprensa, Meghan Markle, não terá como fugir. O mesmo é dizer que se começa a desenhar um reencontro tenso entre a duquesa e a família real inglesa, que certamente atrairá as atenções do mundo.

A última vez que a ex-atriz partilhou um ato com a família real britânica foi a 10 de março de 2020 durante a celebração do dia da Commonwealth, na Abadia de Westminster, quando o duque e a duquesa de Sussex oficialmente se despediram de seu papel como membros da realeza.

Recorde-se que, de lá para cá, muita coisa mudou, especialmente com a famosa entrevista de Meghan a Oprah Winfrey em que falava sobre sua experiência no seio da família real inglesa e sobre os gestos e comentários que mais a magoaram.
Já Harry regressou a Londres por duas ocasiões, a primeira em abril, para o funeral do seu avô, o duque de Edimburgo, e já no início deste mês então para inaugurar uma estátua de Diana.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo