Miguel Cristovinho desabafa sobre como é ser pai solteiro após separação de Mia Rose

Cantor dos D.A.M.A respondeu às perguntas dos seguidores nas redes sociais.
Miguel Cristovinho e o filho, Mateus
Miguel Cristovinho e o filho, Mateus
Miguel Cristovinho e o filho, Mateus
Miguel Cristovinho e o filho, Mateus
Miguel Cristovinho
Miguel Cristovinho
Mia Rose e Miguel Cristovinho
Mia Rose, Miguel Cristovinho e o filho Mateus
Mia Rose e Miguel Cristovinho
Miguel Cristovinho e o filho, Mateus
Miguel Cristovinho e o filho, Mateus
Miguel Cristovinho e o filho, Mateus
Miguel Cristovinho e o filho, Mateus
Miguel Cristovinho
Miguel Cristovinho
Mia Rose e Miguel Cristovinho
Mia Rose, Miguel Cristovinho e o filho Mateus
Mia Rose e Miguel Cristovinho
22 dez 2020 • 09:58

Miguel Cristovinho, vocalista dos D.A.M.A recorreu às redes sociais, na última segunda-feira, para responder a algumas perguntas dos seguidores. Após a separação de Mia Rose, com quem tem um filho em comum, Mateus, de dois anos, o músico falou sobre como é ser pai solteiro.

"Sempre que partilho aqui qualquer coisa com o Teus (Mateus) recebo alguma mensagem de uma mãe ou de um pai, alguns na mesma condição que eu, a perguntarem-me como é que é para mim ser pai solteiro e como faço para que tudo seja tranquilo com o meu filho…nunca sei bem o que dizer porque a verdade é que eu não faço ideia. Tou aqui a aprender, como todos vocês certamente", começou por dizer na legenda do conjunto de fotografias que partilhou ao lado do filho.

"A única certeza que tenho é que as crianças precisam de adultos que estejam de bem com as suas vidas para poderem dar segurança, amor e atenção aos seus filhos. Há coisas que não conseguimos controlar no nosso ‘mundo dos adultos’ e com essas é tentar não perder muito tempo, é a primeira dica", acrescentou.

"A segunda é: na minha vida em geral procuro ir atrás daquilo que me realiza enquanto homem, estar com a minha mente em paz, dar o melhor de mim em tudo o que faço e dedicar-me a estar feliz. Assim quando estou com ele, não só tenho mais disponibilidade física e emocional para as responsabilidades e as dinâmicas específicas dos tempos de escola, por exemplo, como também sobra pica para sair, passear, fazer coisas diferentes, levá-lo a estar com os tios e amigos, conhecer o mundo e deixá-lo fazer aquilo que eu sinto ser o mais essencial para qualquer míudo: descobrir", rematou.

Recorde-se que Miguel Cristovinho e Mia Rose separaram-se ao fim de quase três anos de casamento.

 

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo