Miguel Sousa Tavares explica negócio de casa milionária

Em 2015, escritor comprou uma casa no Novo Banco, após queda do BES.
Miguel Sousa Tavares
Miguel Sousa Tavares, jornalista, escritor, SIC
Foto: Marisa Cardoso / Sábado
31 jan 2020 • 01:30
Rute Lourenço
A compra de uma casa de 1,2 milhões de euros por parte de Miguel Sousa Tavares, Lisboa, no ano de 2015, está agora debaixo de atenções.

A revista ‘Sábado’ adianta que, nesse ano, o conhecido escritor adquiriu um apartamento de luxo que fazia parte dos ativos do Novo Banco. O caso aconteceu cerca de oito meses depois da queda do Banco Espírito Santo, de Ricardo Salgado, que é compadre de Sousa Tavares - uma vez que a filha do comentador, Rita, é casada com o filho mais velho do banqueiro.

Devido à ligação privilegiada, a ‘Sábado’ foi investigar se o negócio teria começado nos tempos de Salgado, com a realização de um contrato-promessa antes da derrocada do BES. No entanto, Miguel Sousa Tavares descarta essa opção, garantindo que sempre fez questão de manter as coisas separadas.

"Que eu me lembre, acho que não houve [contrato-promessa]. O que eu sei é que nunca tive um empréstimo do BES ou negócio com o BES. Sempre fiz questão", explicou, adiantando que comprou com o dinheiro da venda de outra casa que tinha em Lisboa.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo