Moda Lisboa arranca com ‘sangue novo’

Evento prolonga-se durante este fim de semana, mas com algumas limitações devido ao coronavírus.
Moda Lisboa arranca com ‘sangue novo’
Moda Lisboa arranca com ‘sangue novo’
Moda Lisboa arranca com ‘sangue novo’
Moda Lisboa arranca com ‘sangue novo’
Moda Lisboa arranca com ‘sangue novo’
Moda Lisboa arranca com ‘sangue novo’
07 mar 2020 • 01:30
Hugo Alves

Foi a meio gás – com o coronavírus a obrigar ao cancelamento, à última hora, da presença de atores e maquilhadores provenientes das zonas mais afetadas – que arrancou ontem mais uma edição da ModaLisboa, nas Oficinas do Fardamento do Exército, em Lisboa.

E, como já é habitual, foram os mais jovens criadores a fazer as honras da casa, com o desfile inaugural. Propostas ousadas e irreverentes já a pensar no próximo outono/inverno e que mereceram o aplauso do público presente, de onde se destacaram algumas figuras públicas.

Até domingo, Lisboa torna-se na capital da moda com vários criadores nacionais a apresentarem as coleções para o tempo frio. Este sábado, haverá espaço para o talento de Luís Buchinho, Ricardo Preto, Kolovrat, Luís Carvalho, Nuno Gama ou Gonçalo Peixoto, o criador de eleição de várias estrelas.

O certame de moda encerra portas amanhã com os desfiles de designers como Ricardo Andrez ou Dino Alves.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo