Mónica Sintra expõe polémicas com juiz: "Não me calei"

Cantora revelou que o juiz Joaquim Manuel Silva, que é acusado de ter recebido serviços sexuais enquanto via vídeos com testemunhos de crianças, a tratou de forma discriminatória
Mónica Sintra
Mónica Sintra
Mónica Sintra
Mónica Sintra
19 jul 2020 • 19:19
Mónica Sintra diz que não ficou surpreendida com as polémicas que envolvem o juiz Joaquim Manuel Silva, depois de a prostituta Ana Loureiro ter revelado que o magistrado recebia, alegadamente, serviços sexuais enquanto via vídeos com testemunhos de crianças vítimas de abusos. É que a própria artista diz já ter sofrido na pele com o que considera ter sido uma má conduta do juiz no processo de regulação do poder paternal do seu filho Duarte, hoje com nove anos.

"Ele é bem conhecido pela porcaria que fez no tribunal de Sintra, obrigou-me a trocar de advogado no meu processo de custódia do Duarte. Enviou uma ata que não correspondia ao que tinha sido dito na audiência, manifestou desagrado e preconceito pela profissão que eu tenho, disse barbaridades, as quais ouvi e calei, e da única vez que não me calei abriu um processo contra mim", disse, indignada com a situação.

Joaquim Manuel Silva terá dito à cantora que quis que o seu caso servisse de exemplo para outras mulheres com a mesma profissão. "Disse uma vez: ‘Como figura pública retiro-lhe a guarda total para as restantes mulheres perceberem que é assim que deve ser, vai servir de exemplo da minha medida!’"

ESPERA JUSTIÇA 

Passado este tempo, Mónica Sintra ainda não consegue ultrapassar o que aconteceu e espera que se faça justiça.
"Estive três anos a odiar este homem ( bem sei que é uma palavra forte) mas ainda o odeio, pela atitude, pelas palavras e pela sua arrogância! A vida deu a volta e agora retiro o ‘Doutor Juiz’ para tratá-lo como ele tratou muitas mulheres... por ser humano desprezível. Só espero que por ser um juiz não saia impune, e tenha o retorno de todo o mal que causou a muitas famílias e crianças!", concluiu.
Depois do desabafo, Mónica Sintra recebeu inúmeras mensagens de apoio por parte dos seguidores.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo