Morreu Natália de Sousa, a 'coelhinha' de Herman José

Fez televisão e cinema e chegou a ser considerada um dos maiores sex symbol do teatro em Portugal.
Natália de Sousa participou nos anos 80 no programa ‘O Tal Canal’ e popularizou-se com a coelhinha de Tony Silva
Em 2018 fez parte do elenco da série ‘Excursões Air Lino’
Natália de Sousa participou nos anos 80 no programa ‘O Tal Canal’ e popularizou-se com a coelhinha de Tony Silva
Em 2018 fez parte do elenco da série ‘Excursões Air Lino’
15 jan 2021 • 01:30
Miguel Azevedo
Popularizou-se nos anos 80 no programa ‘Tal Canal’, de Herman José, entre outras personagens, como a coelhinha que acompanhava Tony Silva. Natália de Sousa, a atriz que fundou a companhia Ádóque (Cooperativa de Trabalhadores de Teatro) no pós 25 de Abril, que trabalhou em televisão e cinema e foi considerada um dos maiores sex symbol do teatro, morreu quarta-feira, em Setúbal, aos 73 anos.

O seu último trabalho em televisão tinha sido na série ‘Excursões Air Lino’ (RTP) em 2018. Com uma carreira intermitente na última década, participou em fevereiro de 2017 no programa ‘Cá Por Casa’, de Herman José, que serviu para comemorar 35 anos do ‘Tal Canal’.

"Na altura, cheguei a dizer-lhe que ela tinha qualidade e força para reconquistar o mercado", diz ao CM o humorista, que recorda Natália como "uma das mulheres mais sensuais" que conheceu "e uma ave difícil de apanhar". "Guardo na memória três fases diferentes com ela. A primeira até 1986 em que fizemos trabalhos gloriosos, a segunda em que tivemos uma pequena briga que nos afastou e a terceira quando a convidei para vir ao meu programa em 2017".
Mais sobre
Newsletter
topo