Morreu Orlando Costa: Adeus sentido ao eterno ‘Zé Gato’

Ator morreu aos 73 anos, deixando a cultura portuguesa mais pobre.
Orlando Costa
Orlando Costa na pele de ‘Zé Gato’
Orlando Costa na pele de ‘Zé Gato’
Orlando Costa
Orlando Costa na pele de ‘Zé Gato’
Orlando Costa na pele de ‘Zé Gato’
20 ago 2022 • 01:30
Sónia Dias
Orlando Costa, uma das figuras mais icónicas da televisão, do teatro e, também, do cinema em Portugal, morreu esta sexta-feira, em casa. Tinha 73 anos e as causas da morte não foram reveladas.

Natural de Braga, onde nasceu a 24 de dezembro de 1948, Orlando Costa estreou-se como ator no Teatro Experimental de Cascais, em 1969, com a peça ‘Um Chapéu de Palha de Itália’. Quatro anos depois fundou o Teatro Cornucópia, com Luís Miguel Cintra e Jorge Silva Melo. Na televisão, destacou-se na série ‘Zé Gato’ (1979), que protagonizou, mas também em ‘Duarte e Companhia’ (1985), ‘Malucos do Riso’ (1995) ou ‘Super Pai’ (2002). A sua mais recente participação foi na novela ‘Amor, Amor’ (SIC).

"Certos atores, por mais longa e diversificada que tenha sido a sua carreira, ficam para sempre ligados na nossa memória a uma ou outra personagem que interpretaram", disse Marcelo Rebelo de Sousa, referindo-se a ‘Zé Gato’. Também Sofia Alves lamentou a perda do ator: "Um querido amigo com quem trabalhei muito, um homem notável, um ator ao mais alto nível, um coração generoso, sensível e muito grande. O público amava-te, eu amava-te."

O velório de Orlando Costa realiza-se este sábado, a partir das 18h00, nas Capelas Exequiais de São João de Deus (Praça de Londres), em Lisboa. O funeral terá lugar este domingo, pelas 16h45, no cemitério do Alto São João.
Mais sobre
Newsletter
topo