Mulher que acusa Neymar desmaia durante o depoimento na polícia

Najila Trindade, a modelo brasileira que acusa o jogador de violação, esteve durante mais de cinco horas a prestar depoimento junto das autoridades brasileiras, mas acabou por se sentir mal e ser levada para o hospital.
Najila Trindade acusa Neymar de violação
Neymar
Neymar a sair do seu helicópero
Najila Trindade
Najila Trindade acusa Neymar de violação
Neymar
Neymar a sair do seu helicópero
Najila Trindade
08 jun 2019 • 13:11
A modelo que acusa Neymar de a ter violado em Paris, em maio deste ano, prestou novo depoimento sobre o caso esta sexta-feira, dia 7 de junho. 

Depois de ter sido duvulgado um novo vídeo, esta semana, onde é vísivel a alegada vitima a agredir Neymar, as autoridades brasileiras voltararam a requerer o depoimento da modelo para saber da restante gravação do vídeo, a fim de esclarecer o que aconteceu na noite após a alegada violação. 

No depoimento prestado na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo, e cujo o 'Jornal Nacional' teve acesso, Najila Souza diz não conseguir entregar os restantes seis minutos que faltam da gravação porque afirma que a sua casa foi assaltada na quinta-feira, dia 6, e o tablet onde estavam as imagens foi um dos objectos levados durante o assalto.

Quanto ao facto de não ter sido apresentada queixa pelo furto ocorrido no seu apartamento, a jovem brasileira explica que não o fez por não saber ao certo o que tinha sido levo pelos assaltantes e que só mais tarde é que deu pela falta do tablet, de um relógio algum dinheiro.

Durante as buscas feitas ao apartamento, a  imprensa brasileira afirma que a polícia apenas encontrou impressões digitais da modelo e da sua empregada, o que não beneficia as alegações da jovem. 

Durante cerca de cinco horas de interrogatório, a alegada vitima mostrou-se sempre bastante nervosa e inquieta com toda a situação e a sessão ficou marcada por alguns episódios de choro de Najila, o que obrigou a responsável pela investigação a interromper o interrogatório para que esta ficasse mais calma.

Os nervos fizeram-se sentir de tal forma que levaram a mulher a desmaiar dentro da esquadra. Ao fim do dia, Najila Souza  foi fotografada a sair do local ao colo do seu advogado.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo