Neta de Eunice Muñoz critica Cristina Ferreira pelas 'cunhas' na TVI: "Fantochada"

Atriz revoltou-se contra a apresentadora por ter contratado a filha de Maria Cerqueira Gomes para a próxima novela da TVI.
Lídia e a avó Eunice Muñoz
Lídia Muñoz
Lídia e a avó Eunice Muñoz
Lídia Muñoz
Lídia Muñoz
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Pedro Teixeira
Lídia e a avó Eunice Muñoz
Lídia Muñoz
Lídia e a avó Eunice Muñoz
Lídia Muñoz
Lídia Muñoz
Cristina Ferreira
Cristina Ferreira
Pedro Teixeira
22 fev 2021 • 17:41
As críticas a Cristina Ferreira continuam a surgir, depois desta ter contratado a filha de Maria Cerqueira Gomes, Francisca, de 18 anos, para participar na próxima novela da TVI. Agora, foi a vez de Lídia Muñoz, neta de Eunice Muñoz, exprimir a sua opinião nas redes sociais num instastory (publicação instantânea), entretanto já eliminado.

A atriz não hesitou em tecer duras críticas à Diretora de Entretenimento e Ficção da estação de Queluz de Baixo. 

"Estudei para ser atriz. De todos os atores e profissionais que conheci, desde miúda, no Teatro Nacional e pelos teatros por onde passou a minha avó, notei-lhe a todos uma coisa em comum: a formação profissional e académica e o orgulho que tinham nisso. Foi assim que aprendi, com eles e com a minha avó Eunice", começou por escrever. 

Pedro Teixeira também não poupado às críticas. "Mas, pelos vistos, estavam errados, e estiveram todos, desde ali até Almeida Garrett, que deveria ter sido saneado e substituído pela Cristina Ferreira para que fundasse não o conservatório para as artes dramáticas mas o INCQBA55MS (instituto nacional cheira-me que é boa para as audiências porque tem 55 mil seguidores), cujo subdiretor ter sido o Pedro Teixeira, que defenderia a política 'não tens curso, não estudaste, cheira-me que és muito bom, anda lá que bates bem'", continuou. 

"Confusos? É normal. Foi um momento de neuro depressão degenerativa causada pelo serão da TVI. Enfim, como hoje ouvi nessa grande festa do aniversário do último bastião da grande representação portuguesa e da ficção nacional que é a TVI, e dos castings também, quando esta merd* acabar, vou para um destino de sonho e pode ser que encontre uma dessas grandes atrizes, ou melhor atrozes, da ficção nacional para me dar umas aulas de performance ou mesmo estética teatral", afirmou. "Até lá, podemos entreter-nos com a fantochada em que a TVI se tornou, ou então fazemos como a ministra e vamos tomar um drink de fim de tarde", arrasou. 

A crítica a Pedro Teixeira surge depois deste ter referido que não tinha qualquer formação quando se estreou no mundo da representação na série 'Morangos com Açúcar': "Têm aparecido tantos novos talentos na televisão. Espero que a filha da Maria seja mais uma. Comecei em ‘Morangos com Açúcar’ com zero formação".

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo