Invencível! Ninguém faz frente ao ‘Gordo’

Cristina Ferreira, Diana Chaves e, agora, Andreia Rodrigues com os seus ‘amigos improváveis’. Nenhuma consegue vencer o ‘Preço Certo’ de Fernando Mendes, um fenómeno de popularidade sem fim à vista
Fernando Mendes
Fernando Mendes
17 jan 2020 • 11:44
Há mais de década e meia à frente de ‘O Preço Certo’, Fernando Mendes e o concurso dos fins de tarde da televisão pública continuam a ser um verdadeiro fenómeno de popularidade. A concorrência bem tenta, mas não lhe consegue fazer frente.
Depois de ‘Prémio de Sonho’, apresentado por Cristina Ferreira, e ‘Casados à Primeira Vista’, de Diana Chaves, agora é a vez de ‘Amigos Improváveis’, a nova aposta da SIC para conquistar a liderança no horário de acesso aos noticiários da noite, fracassar diante do formato da RTP 1. Os diários do programa apresentado por Andreia Rodrigues perdem desde a estreia para ‘O Preço Certo’ - este é, atualmente, um dos poucos horários em que a SIC não consegue vencer a concorrência. Apesar de vencer aos sábados à noite, dia em que são emitidos os especiais, ‘Amigos Improváveis’ não consegue convencer os telespectadores de segunda a sexta-feira às 19h00.

De resto, nas últimas semanas, o popular concurso da RTP 1 tem somado recordes de audiência com resultados superiores a um milhão de telespectadores, de acordo com os dados divulgados pela GfK. ‘O Preço Certo’ chega a registar o dobro da audiência de ‘Ver P’ra Crer’, aposta da TVI para esta faixa horária, apresentada por Pedro Fernandes (conta também com as participações de Rita Salema e Ana Guiomar).

Seguro por 20 mil euros
Fernando Mendes tornou-se um insubstituível na RTP. Por isso, a televisão pública tem feito de tudo ao longo dos anos para o manter na sua antena. No fim do ano passado, o ‘Gordo’ assinou um novo contrato, tornando-se na estrela mais bem paga da estação (ganha 20 mil euros/mês). O acordo é válido por dois anos. Ou seja, Fernando Mendes está seguro na antena do canal do Estado, na condução de ‘O Preço Certo’ até, pelo menos, ao final de 2021.
Com esta jogada, a RTP matou qualquer hipótese de a concorrência levar o apresentador. Recorde-se que Fernando Mendes chegou a reunir-se com Felipa Garnel, ex-diretora de Programas da TVI, que lhe apresentou uma proposta para se transferir para Queluz de Baixo. Mas este recusou. Optou por se manter na sua casa de sempre.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo