Novo documentário revela que Princesa Diana tentou quatro vezes o suicídio

Novo documentário explora o estado depressivo de Diana após uma infância difícil, um casamento fracassado e a pressão da família real.
Princesa Diana com os filhos Harry e William
Princesa Diana, em 1982, com vestido icónico
Princesa Diana
Princesa Diana com os filhos Harry e William
Princesa Diana, em 1982, com vestido icónico
Princesa Diana
09 mai 2020 • 18:21
Sónia Dias
Mais de vinte anos após a morte de Diana de Gales ainda existem muitos mistérios por desvendar. ‘Being Me: Diana’ é o novo documentário sobre a Princesa do Povo e um dos mais polémicos até agora. Ao longo de quatro episódios, esta produção da DSP, que está a ser negociada com a Netflix, explora o estado de fragilidade psicológica que levou a ex-mulher do Príncipe Carlos a tentar pôr termo à própria vida quatro vezes.

Uma infância difícil, um casamento fracassado e o constante escrutínio do público e da família real britânica terão levado Diana a mergulhar num estado de ansiedade e depressão que lhe provocou distúrbios alimentares.
Tudo isto já era do conhecimento público. Contudo, o que não se sabia ainda era que a mãe de William e Harry tinha tentado várias vezes o suicídio.

Indignação na família
‘Being Me: Diana’ poderá ser particularmente incómodo para os filhos. Sobretudo para o mais novo, Harry, que se encontra atualmente a negociar com a Netflix vários projetos para o futuro juntamente com a mulher, Meghan Markle. "A família real recusou colaborar com esta série documental, assim como a família Spencer", adiantou uma fonte anónima ao jornal ‘The Sun’.

O documentário utiliza muito material inédito, entre discursos de Diana, feitos entre 1990 e 1992, bem como entrevistas com pessoas próximas da princesa, que falam sobre os problemas que esta enfrentava antes de se divorciar do príncipe Carlos. ‘Being Me: Diana’ ainda não tem data de estreia.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo