“O Diogo tinha uma doença”: Jessica Athayde abre coração sobre relação

Atriz revela que a relação terminou devido ao problema de drogas do companheiro. “Tive de tomar uma decisão dura”, afirma.
Jessica Athayde
Jessica Athayde e Diogo Amaral
Jessica Athayde e o pai
Jessica Athayde
Jessica Athayde e Diogo Amaral
Jessica Athayde e o pai
11 abr 2021 • 01:30
Rute Lourenço
Jessica Athayde abriu o coração e falou sem tabus sobre a separação de Diogo Amaral, quando o filho de ambos tinha meses de vida. Em conversa com Daniel Oliveira, na SIC, a atriz assumiu que a decisão de terminar o relacionamento foi sua e que foi tomada, acima de tudo, para proteger o filho, Oliver. “Tive de tomar uma decisão dura, mas o mais importante era que o meu filho crescesse no ambiente certo”, começou por explicar Jessica, acrescentando que na altura da separação ainda amava Diogo. “Foi uma separação triste, não foi por falta de amor. Comecei a perceber que a adição é uma doença para a vida. O Diogo estava a fazer o caminho dele e esse caminho não estava a ser compatível com o facto de eu ter um bebé pequeno. [...] Tive de me afastar. O Diogo teve de encontrar o caminho dele e eu o meu. Tive de perceber que o que o Diogo tinha não era uma fase, era uma doença, cheguei a ir a reuniões para entender.”

Para tratar o problema com drogas, Diogo Amaral teve de ser internado numa clínica de reabilitação, perdendo meses de vida do filho. No entanto, Jessica não tem dúvidas de que o ator seguiu o caminho certo. “O Diogo teve de se ausentar porque faz parte da recuperação… e eu fiquei sozinha com um bebé. Mas foi importante para o meu filho ter um pai, presente, que é o que acontece agora. A história do Diogo vai ser sempre uma lição para os filhos.”

desiludida com fim do relacionamento
Jessica Athayde não esconde que a separação de Diogo destruiu os seus sonhos. “Eu queria tanto este filho... Amava tanto o pai do meu filho e queria que ele crescesse com os pais juntos.”

"NÃO SEI A MORADA DO MEU PAI"
Fruto de uma relação extraconjugal do pai, Jessica Athayde diz que nunca foi aceite pela família do progenitor. Apesar de atualmente os dois manterem uma relação próxima, a atriz admite que nunca foi a casa do pai, por causa da companheira deste. "Não sei a morada dele. O meu filho nunca entrou na casa do avô."
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo