O último adeus a Américo Amorim

Funeral decorreu no Mosteiro de Grijó, em Vila Nova de Gaia.
16 jul 2017 • 10:17
Lágrimas, dor e consternação marcaram o último adeus a Américo Amorim, no sábado no Mosteiro de Grijó, em Vila Nova de Gaia.

Numa missa celebrada pelo bispo do Porto, António Francisco dos Santos, centenas de pessoas, entre familiares e amigos fizeram questão de prestar a sua última homenagem ao empresário que faleceu quinta-feira.

O corpo de Américo Amorim foi sepultado no jazigo da família Amorim, no cemitério de Mozelos, em Santa Maria da Feira, de onde era natural o ‘rei da cortiça’.

Recorde-se que Américo Amorim morreu aos 82 anos na sequência de uma pneumonia.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo