Oprah Winfrey doa 11 milhões de euros: "Vai haver necessidade das pessoas com meios se chegarem à frente"

A apresentadora norte-americana decidiu contribuir para ajudar as cidades que considera "casa", que estão a sofrer devido ao novo coronavírus.
Oprah Winfrey
Oprah Winfrey
Oprah Winfrey
Oprah Winfrey, dieta, peso, luta
Oprah Winfrey
Oprah Winfrey
Oprah Winfrey
Oprah Winfrey
Oprah Winfrey
Oprah Winfrey, dieta, peso, luta
Oprah Winfrey
Oprah Winfrey
20 mai 2020 • 18:23
Oprah Winfrey mostrou-se solidária com a situação que se faz sentir no mundo inteiro devido à pandemia do novo coronavírus.

A apresentadora vai oferecer subsídios às cidades a que chama "casa", através de um fundo de combate à doença. O valor foi anunciado pela própria e trata-se de cerca de 11 milhões de euros, doados para organizações dedicadas para ajudar comunidades carentes. 

Em causa estão cidades como Chicago, Baltimore, Nashville, Milwaukee e Kosciusko, onde nasceu. Locais que, para Oprah Winfrey, são especiais.

"Vai haver necessidade de as pessoas com meios se chegarem à frente. Isto não vai desaparecer", começou por dizer a estrela americana à 'Associated Press'.

"Mesmo quando o vírus já cá não estiver, a devastação deixada por pessoas sem trabalho há meses, que viveram salário a salário e gastaram as poupanças, essas pessoas vão precisar de ajuda. Olhem para o vosso bairro e vejam como podem servir e onde o vosso serviço é essencial. Esse é realmente o trabalho essencial para as pessoas", garantiu, mostrando-se solidária.

Antes de oferecer milhões de euros aos outros, Oprah fez questão de esclarecer que primeiro se dedicou a cuidar das pessoas que lhe são mais próximas e que também estão a atravessar um período difícil, como os seus familiares. 

"A primeira coisa que fiz foi começar pela minha própria família, pessoas que eu sabia que iriam ser afetadas e que não iriam ter emprego. Depois passei para as pessoas com quem trabalhei e que sabia que talvez ficassem sem emprego. Comecei por aqui, de dentro para fora, e depois passei para a comunidade. Pessoas com quem já não falava há anos começaram a receber cheques meus", relatou.

"O que esta pandemia fez foi fazer-me pensar em dar de maneira diferente. Como dou e quem está a receber, e como é que faço isso de uma maneira que sustenta as pessoas? Sempre acreditei que se ensina as pessoas a pescar, mas às vezes as pessoas só precisam de peixe e um pedaço de pão", terminou Oprah Winfrey. 

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo