Pai de Maria Leal sai em defesa da filha: "Esta novela tem de acabar"

Manuel Rodrigues afirma que chegou a ajudar Francisco D’Eça Leal quando este ainda vivia com a filha.
Maria Leal, sorriso, operação
Maria Leal, sorriso, operação
Maria Leal
Maria Leal, Pride Bar, Big Mama
Maria Leal, sorriso, operação
Maria Leal, sorriso, operação
Maria Leal
Maria Leal, Pride Bar, Big Mama
25 out 2018 • 01:30
Maria Leal continua no centro de todas as polémicas. Cansado das acusações que têm sido feitas à filha, Manuel Rodrigues, o pai da artista, entrou em contacto com a CMTV e deu a sua versão dos factos.

"Quando vi que a mãe do Francisco me acusou de lhe ter dito que a minha filha era uma criminosa liguei para o Francisco. Disse–lhe que a mãe dele estava a mentir. Ele passou-lhe o telefone e eu disse-lhe: ‘A senhora é uma grande mentirosa. Alguma vez falei isso da minha filha?’. Desligaram e nunca mais atenderam", contou em direto durante o programa ‘Flash!Vidas’.

O progenitor da cantora revelou ainda ao CM que mantém contacto com a filha. "Temos uma boa relação. Falamos normalmente. Sempre lhe dei bons conselhos e não gosto de ver o nome dela ser enxovalhado. Esta novela tem de acabar", acrescenta.

Quanto às acusações de Francisco d’Eça Leal, de que a artista se apropriou da herança avaliada em um milhão de euros, Manuel Rodrigues conta que chegou a pagar refeições ao ex-genro e nega que Maria Leal tenha feito os gastos sozinha.

"Se eles gastaram o dinheiro, gastaram-no os dois. Aliás quando eles ainda estavam juntos, cheguei a pagar um jantar ao Francisco porque ele disse-me que não tinha dinheiro".
Mais sobre
Newsletter
topo