Pai de Sandrina do 'Big Brother' esteve preso

O progenitor da concorrente esconde passado polémico.
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
Sandrina do 'Big Brother'
06 mai 2020 • 19:43
Sandrina, uma das novas concorrentes da nova edição do 'Big Brother', tem estado no centro de algumas polémicas.

Depois de ser acusada de mentir, com vários detalhes alegadamente falsos que contou sobre a vida pessoal na sua apresentação no reality-show, sabe-se que o pai da jovem tem um passado obscuro.

De acordo com a 'TV Mais', o progenitor de Sandrina, António Manuel, o famoso 'Tomané Tendeiro', como é conhecido na cidade de Moura, "esteve preso durante cerca de dois anos", revelou uma fonte à publicação.

"Dizia-se que era por causa do tráfico, mas nunca ninguém quer falar sobre isso para não levantar problemas. E também se fala de que ele assassinou um homem, que o queria matar a ele. Foi uma situação muito delicada", revelou uma habitante à revista 'TV Mais'.

A mesma testemunha disse ainda que o pai de Sandrina acabou por sair da prisão por "bom comportamento", e que acabou por se tornar "cinco estrelas".

"Ninguém diria que um homem tão bom tinha um passado desses. Ele aprendeu com os erros e é muito boa pessoa", acrescentou.

 
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo