Passos Coelho faz homenagem à eterna amada em funeral

Ex-primeiro-ministro despede-se da mulher com emoção e não larga a foto de Laura a sorrir.
Passos Coelho no funeral da mulher, Laura Ferreira
Pedro Passos Coelho surgiu com foto em homenagem à mulher Laura
Ex-primeiro ministro a apoiar a filha Júlia, de 12 anos
Pais da fisioterapeuta em lágrimas após término das cerimónias fúnebres da filha, em Cascais
Teresa, filha de Laura Ferreira, emocionada
Maria Luís Albuquerque com o marido António
João Soares com a irmã Isabel
Fátima Padinha apoiada por bengala
Teresa Rosa nas cerimónias fúnebres da mulher do irmão Passos Coelho visivelmente abatida, ao lado da filha
Passos Coelho no funeral da mulher, Laura Ferreira
Pedro Passos Coelho surgiu com foto em homenagem à mulher Laura
Ex-primeiro ministro a apoiar a filha Júlia, de 12 anos
Pais da fisioterapeuta em lágrimas após término das cerimónias fúnebres da filha, em Cascais
Teresa, filha de Laura Ferreira, emocionada
Maria Luís Albuquerque com o marido António
João Soares com a irmã Isabel
Fátima Padinha apoiada por bengala
Teresa Rosa nas cerimónias fúnebres da mulher do irmão Passos Coelho visivelmente abatida, ao lado da filha
28 fev 2020 • 01:30
O último adeus a Laura Ferreira, mulher de Pedro Passos Coelho, ficou marcado por uma emoção profunda do ex-primeiro ministro e respetiva família. O funeral decorreu, ontem, no Centro Funerário de Cascais e foi reservado a um núcleo muito restrito.

O antigo primeiro-ministro chegou ao local sozinho, cerca de 30 minutos antes da missa em memória da companheira. Juntou-se posteriormente à filha Júlia e à enteada Teresa. Os amigos íntimos, visivelmente emocionados, saudaram Passos Coelho. A cerimónia de homenagem à fisioterapeuta terminou perto das 12h00. O corpo seguiu para o crematório e os familiares despediram-se depois de Laura.

À saída do centro funerário, a filha Júlia apareceu como uma rosa branca e foi abraçada pelos familiares. Os pais de Laura Ferreira não conseguiram conter a emoção. Entraram no carro ainda em lágrimas com o apoio dos filhos.

Pedro Passos Coelho foi o último a deixar o espaço. Despediu-se da família e amigos e regressou ao veículo com uma moldura com uma fotografia da companheira.

Paixão até ao fim
O ex-líder do PSD esteve totalmente dedicado a Laura Ferreira nos últimos dois anos, quando a doença atingiu a sua pior fase.

Padinha irreconhecível
A ex-mulher de Pedro Passos Coelho, Fátima Padinha, também participou nas cerimónias fúnebres. A antiga vocalista das Doce surgiu irreconhecível, apoiada por uma bengala, causando surpresa. Fátima, recorde-se, enfrentou uma fase delicada de saúde ao travar uma luta contra o cancro da mama. Seguiu-se uma longa recuperação, prejudicada por outros problemas de saúde. "Também passei por um cancro e sofri uma embolia pulmonar. Têm sido anos difíceis", disse a antiga cantora recentemente ao Correio da Manhã.

Irmã adotiva emocionada
u Teresa Rosa, a irmã adotiva de Pedro Passos Coelho, foi das figuras mais emocionadas na despedida emotiva a Laura Ferreira. A angolana ficou em lágrimas após a missa de homenagem à fisioterapeuta e abandonou o local apoiada pela filha. Teresa tem sido um apoio importante para Passos Coelho. Os dois mantêm uma relação muito próxima desde tenra idade, após o pai do ex-líder do PSD a adotar com apenas cinco anos, depois de Teresa ter perdido os pais na guerra Colonial. Em entrevistas, sempre se mostrou orgulhosa da família e do irmão.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo