Passos Coelho: Os dias mais dramáticos

Têm sido momentos de grande sofrimento para o antigo primeiro-ministro, que sofre com a condição da mulher, Laura, que luta contra o cancro’
Pedro Passos Coelho e a mulher Laura Ferreira
Pedro Passos Coelho e a mulher Laura Ferreira
Foto: Lusa
15 dez 2019 • 10:00
Rute Lourenço
Pedro Passos Coelho vive os dias mais difíceis com a situação clínica da mulher, Laura Ferreira, de 54 anos, a agravar-se. A fisioterapeuta foi transferida do Hospital Amadora-Sintra, onde sempre foi acompanhada, para o Instituto Português de Oncologia de Lisboa e, segundo uma fonte relatou à ‘Vidas’, o seu estado é "extremamente delicado".

"As coisas estão muito complicadas e a família só quer reserva nesta fase", começa por contar uma fonte, acrescentando que o ex-primeiro-ministro se mantém incondicionalmente ao lado da mãe da filha mais nova, Júlia, como "sempre o fez desde o início". "Não houve dia em que o Pedro não estivesse ao lado da Laura, mas tem estado muito desanimado com este revés".

Recorde-se que foi há cerca de dois anos que o cancro de Laura voltou, depois de uma altura em que se julgava que a fisioterapeuta já tinha conseguido debelar o tumor ósseo agressivo que lhe foi detetado num joelho, há cerca de cinco anos. Só que em 2017 novos exames mostraram que o tumor tinha alastrado aos pulmões e, desde então, a condição física de Laura tem vindo a ficar cada vez mais frágil, com a família a revelar cada vez mais apreensão.

Ao longo da batalha contra o cancro, Laura mostrou-se sempre um exemplo de força e coragem, lutando contra a doença com um sorriso. Mesmo nos dias difíceis, a fisioterapeuta e Passos revelaram-se sempre um casal unido na dor.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo