Paula Marcelo vai desistir da pensão de Camilo

Atriz já perdeu a esperança de conseguir mensalidade.
Paula Marcelo, ex-mulher de Camilo de Oliveira
Camilo de Oliveira, Maria Luísa Reis Oliveira, Alzheimer, política, Paula Marcelo
Foto: João Miguel Rodrigues
29 mar 2018 • 06:00
Dois anos após a morte de Camilo de Oliveira, Paula Marcelo, de 51 anos, continua em tribunal a pedir a pensão de sobrevivência que acredita ser sua por direito. 

Ao Correio da Manhã, a atriz garante que "o processo está quase na mesma". "Neste momento, passou do Tribunal Cível para o Tribunal Administrativo", adiantou a artista, sem dar mais pormenores. 

Sobre quais são as perspetivas para o desfecho deste processo judicial, Paula admite não ter muita esperança. "Agora só tenho de esperar. Caso venha a prescrever ou perca, que é o mais certo, não vou recorrer. Já não acredito na Justiça e, por isso, não vou perder tempo", lamenta. Recorde-se que em causa está o valor de 161 euros que foi requerido pela legítima mulher de Camilo de Oliveira, Maria Luísa Reis Oliveira, de quem nunca se divorciou.

Atualmente com uma peça em cena, 'Quem é o Jeremias?', a antiga companheira de Camilo rejeita que esteja numa situação de miséria. "Por enquanto, não tenho problemas financeiros. Não tenho ordenado certo, mas vivo do meu trabalho. Caso um dia precise, tenho sempre os meus pais, a minha irmã e o meu cunhado a quem recorrer", esclarece, dizendo que em abril entra já em ensaios para um novo projeto de comédia sob a direção do encenador Celso Cleto, e que estreia em junho no Teatro de Oeiras.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo